04 dezembro 2009

Conrad Seidl no Brasil


O respeitadissimo autor do livro "Catecismo da Cerveja", Sr. Conrad Seidl estará amanhã, dia 05, na cervejara Colorado em Ribeirão Preto em um evento fechado para convidados, extendido a socios da ACervA Paulista. E no dia 07, segunda-feira ele estará no Bar Melograno, na Vila Madalena em São Paulo.
Vamos conferir.
Abraços

29 novembro 2009

Rostocker

Olá a todos. Como eu já falei em outros posts, comecei um mestrado a distância que está consumindo quase todo o meu tempo livre. A Universidade onde estou estudando localiza-se na cidade de Rostock, no norte do país, nas costas do Atlântico, na regiao da antiga Alemanha Oriental.
Rostock é uma cidade portuária, com uma realidade e uma história totalmente diferentes de Munique mas que nao deixa de ser Alemanha, isto é, a cerveja também faz parte da cena local. Para a minha sorte, bem em frente ao hostel onde eu fico hospedado quando tenho que ir a Rostock, encontra-se a cervejaria da cidade, a Hanseatische Brauerei Rostock (www.rostocker.de), fundada em 1878.
A cerveja mais consumida no norte da Alemanha é a Pilsen mas a Rostocker, como é mais conhecida, produz também cervejas tipo Export, Bock Hell e Bock Dunkle. Quando estive lá na semana passada experimentei todas, claro. Sao todas muito boas mas como eu já disse sobre outras cervejas, elas nao têm a intensidade e o corpo das cervejas bávaras, mas existe sempre algo especial quando se consome uma cerveja produzida na regiao onde se está. Algo a ser levado em conta também é o fato de Rostock ser uma cidade portuária, quer dizer, os pratos a base de peixe sao bem tradicionais e sao uma ótima combinacao com uma pilsen. Estando em Rostock tome uma Rostocker.


Fachada da cervejaria.

No restaurante da cervejaria. Peixe defumado, camarao, batatas sotê e o que restou de uma Bock Hell.

Com uma pilsen.

Todas as cervejas sao tiradas fresquinhas do barril.

Alt Bier

Olá a todos. Desculpem a demora por novos posts mais o mestrado está consumindo quase todo o meu tempo. Bom, mas vamos ao que interessa.
Todos os anos, sempre entre os meses de setembro e outubro nós fazemos, na empresa onde eu trabalho, uma excursao com todos os colegas. Acho que já falei sobre isso no post sobre a Kölsch.
Este ano fomos a Bochum, uma cidade próxima a Düsseldorf e como nao podia deixar de ser, fui com uma expectativa muito grande de finalmente experimentar uma autêntica Alt Bier na fonte. Foram 3 dias de muitos passeios, ótimas experiências gastronômicas e claro, muita cerveja.
A Alt Bier é uma cerveja escura, de alta fermentacao e segundo a gente pode constatar a maior cervejaria especializada neste tipo de cerveja é a Diebels (www.diebels.de).
Uma outra coisa bem interessante que aconteceu foi durante a visita ao Museu Alemao de Mineracao, em Bochum. Lá há uma cerveja chamada Barbara Bier (em alusao a Santa Barbara, santa protetora dos mineiros) que é produzida exclusivamente para ser consumida no restaurante do museu por uma pequena cervejaria chamada Walter Bräu Büderich(www.walterbrau.de). É uma cerveja escura também, mas nao vou saber dizer com certeza se é uma Alt.
Resumindo, na minha opinao, a Alt Bier nao tem nem o corpo, nem a alma e nem a intensidade das cervejas bávaras, mas o fato de se estar em Düsseldorf e regiao e consumir uma cerveja tao característica do local lhe dá um toque todo especial. Estando em Düsseldorf ou regiao tome uma Alt Bier. Abracos.


Com o meu amigo Peter, tomando a minha primeira Alt Bier, ainda no bar do hotel.

No Museu Alemao de Mineracao. Prato típico local, Curry Wurst com batata frita e a Barbara Bier, cerveja exclusiva do restaurante do museu.

Direto na fonte.

Um barril desses é que eu queria la em casa.

Paulaner Oktoberfestbier

Olá a todos. Li no post de 29 de setembro que alguns mebros do blog chegaram a pagar R$ 74,00 pela caneca de 1 litro mais uma lata de cerveja da Paulaner OktoberfestBier. Isto dá quase trinta Euros. Acredito num certo super faturamento ou na exploracao excessiva da imagem do Oktoberfest. Por que estou escrevendo isso só agora? Semana passada encontrei em um mercado aqui perto de casa a mesma caneca com a lata de um litro dentro por 3,99 Euros. É claro que garanti a minha. Eu sei que a tentacao é grande mais vai ai um conselho: esperem sempre a onda passar que os precos com certeza baixam. Abracos.

Da pra acreditar? 3,99 Euros.

Um pouco atrasado mas garanti a minha.

Frankfurt Bier

Olá a todos. À alguns meses a Stephy, minha esposa, teve que ir a Frankfurt à servico pois ela trabalha em um banco e a sede é lá. Quando ela me perguntou se eu queria alguma coisa respondi logo: Claro, cerveja!

Ela me trouxe quatro cervejas de duas cervejarias de Frankfurt, a Henninger e a Binding, sendo uma Pilsen e uma Export Bier de cada uma.

Experimentar cervejas diferentes, ou pelo menos de cervejarias diferentes é sempre uma experiência interessante mas estas sao, ao meu ver cervejas comuns, nao têm nada de especial, sendo que a Henninger é um pouco mais incorpada que a Binding. Mas talvez quando tomadas em Frankfurt tenham um algo a mais. Talvez a próxima vez que a Stephy tiver uma viagem de negócios eu tenha que ir junto. Abraco a todos.

Se preparando para degustacao.

As cervejas

27 novembro 2009

Pilsen - Dicas para acertar sua primeira receita ou melhorar a sua atual receita

Há algum tempo trocamos alguns emails no grupo da ACervA Paulista sobre como fazer uma boa Pilsen.
Que diga-se de passagem é um assunto rico e cheio de truques e dicas, tendo até livro específico na praça.
Mas enfim, cada um tem seu jeito, que se acostumou a fazer, e obtêm o resultado que mais lhe agrada. Uns preferem ter menos trabalho, outros preferem ter mais aroma, outros preferem o controle rigido da temperatura, etc...
Uma coisa é unanime: Fazer cerveja em casa é atender a seu próprio conhecimento, estudo, instinto, esforço, desejo e..... paladar.
Lendo uma materia sobre Bohemian Pilsener na BYO (Brew Your Own deste mês-nov/2009) resolvi fazer este resumo da materia e ao final acrescentar algumas dicas provenientes dos nossos amigos cervejeiros caseiros nacionais.

A que se observar que a materia é sobre Pilsen Bohemian e portanto, segundo a revista, menos limpida que a German ou American Pilsner. É inclusive levemente picante no paladar e bem refrescante.
Malte: Uma receita usa só malte Pilsen e outra usa além do malte Pilsen, o Carapils (6% da receita). Pode-se, como variação pessoal, adicionar ao Pilsen (não mais do que 5%): Viena, Light Munich ou Melanoidina.
Lupulo, essencialmente Czech Saaz; aceitando variações. (US Saaz, Tettnang, Sterling, Ultra, Vanguard......ou caso não consiga os acima citados, para não perder a brassagem, pode tentar com Hallertau,Spalt,Perle ou Tradition)
DICA:Lupulagem de 90 minutos, sendo que o lupulo entra somente com 60 minutos para o final depois com 30, 10 e 0. Este tempo de 90 minutos ajuda a reduzir o SMM (S-methyl methionine) presente no malte, resultando em menos DMS (dimethyl sulfide) na cerveja final.
O balanço entre amargor e doçura deve pesar para o lado do amargor porém sem se tornar intragável. A sugestão é uma razão de gravidade inicial para amargor na faixa de 0.6 - 1.0 (divida o IBU pelo OG; exemplo: IBU 40, OG: 1.056 = 40/56 = 0.7)
Como calcular o IBU ? Olhe do lado direito desta página e verás uma calculadora. (rsss..)
Sugestão da revista Czech Saaz 3.5% alfa-ácido: 60 min - 39g, 30 min - 47g, 10 min - 24 g; 0 min - 24 g.
Fermento: Normalmente, para 19-20litros de cerveja Ale que fazemos em casa, usamos 1 sache de 11g de fermento seco. Porém para Lagers use em torno de 20g, o que é mais ou menos o equivalente a 2 saches. (em alguns saches inclusive já está escrito isso). E o mais indicado é fazer a re-hidratação antecipada.
Aqui vem uma grande DICA para evitar o DIACETIL:
Segundo o autor, o Diacetil é formado pela oxidação da alpha-acetolactate que se forma pela acelerada atividade do fermento nos momentos iniciais da fermentação. Ou seja, quanto menos alpha-acetolactate...menos diacetil.
A dica então é reduzir essa "alta atividade" inicial do fermento.
Iniciando a fermentação a 7°C (ou seja, resfrie seu mosto a 7°C antes de adicionar o fermento...é eu sei que não é algo fácil de fazer...) e deixar naturalmente nos primeiros 2-3 dias ir fermentando até chegar a 10°C e então mantenha controlado em 10°C. Se você não conseguir esta temperatura de inicio, e inevitavelmente se formar mais diacetil do que a baixas temperaturas, então nos últimos dias da fermentação, suba para 14-16°C para o fermento consumir o Diacetil que ainda estiver presente, é a chamada "parada diacetilica".
Maturação: Lagers ficam melhores com longos períodos de maturação, sendo indicado 1 mês ou mais. Ou seja, de 30 a 40 dias e de preferência em temperaturas próximas de ZERO graus.
Pode deixar menos ? Até pode. Mas quanto mais deixar, melhor vai ficar.
Porém tem impacto direto na carbonatação natural. Ou seja, se você for carbonatar com priming, a carbonatação levará quase tanto tempo quanto a maturação em uma razão quase de 70%

Dicas de nossos amigos:
-Se for usar 20g de fermento, garantir a quantidade de açucar suficiente para eles, e manter a baixa temperatura de fermentação para que não acabe o alimento e o fermento entre em autolise.
-Para evitar o diacetil, alguns amigos, antes de atingir a atenuação desejada, baixam rapidamente a temperatura para próximo de zero para parar a atividade do fermento. (o que entra um pouco em conflito com a materia da BYO; mas como eu disse no inicio, cada um faz do seu jeito...)
-Outros cervejeros, usam somente 11g de fermento e dizem que sai do jeito desejado.
-Alguns maturam suas Pilsens somente por 10 dias e ficam otimas.
-Aerar bem. Isso sim é muito importante para o começo de trabalho das leveduras. Alguns indicam 30 seg. de O2 puro.
-O fermento S-23 produz esteres e frutado. Para evitar não deixe passar de 10°C a fermentação.
-Se quiser faça Dry-Hop durante os 3-4 dias de descanço diacetilico (quando no fim da fermentação você sobe a temperatura para 15°C para o fermento consumir o diacetil presente formado no inicio da fermentação). 10-20g de lupulo é o indicado para um aroma discreto para 20litros de cerveja.

É isso ai.
Espero que seja útil este post.
Abraços

Missa em Santos

Quarta-feira foi dia de Missa.
Local: Bar do 4.
Esta missa foi rezada em homenagem as Pilsens.
Aproveitamos para experimentar a novidade da casa: Paulistânia. (R$ 7,50 - 600ml)

Servida em copo próprio Paulistânia. (bem bonito por sinal).

Pilsen ... normal .. sem aroma (como esperado..rss..), coloração média porém bem transparente, espuma branca e boa persistência, com final um pouquinho adocicado....APROVADA.

Adicionamos a reza umas Heinekens e Warsteiner e a noite ficou perfeita.

Abraços

18 novembro 2009

Encontro ACervA em Sorocaba

Estrada a fora para mais para encontro ACervA Paulista.

Destino: Sorocaba, Botequim da Francisca.

Local super agradável no meio de um bairro tranquilo ao lado de uma pizzaria (do mesmo dono do botequim)

Ficamos em um espaço exclusivo, reservado, um grande quintal que na verdade é um espaço para eventos mesmo; e como o espaço era grande, vazio, ..... gerou várias idéias para ...hehe...o dono montar uma...cervejaria, cozinha, esticar o bar, ....mas é sempre assim, ...quando o espaço não é nosso...não temos o nosso bar....e nem o mesmo espaço disponível....e já bebemos algumas...as idéias rolam soltas....e aos montes....

Falamos um pouco de ACervA, trocamos idéias com os associados novatos em encontros como o Rod (prazer em conhecê-lo e em breve Rod prepare-se para nos ajudar na organização dos eventos, que é a sua área, certo ?!)...

Mas o centro das atenções, é lógico, não poderia ser diferente, foram as preciosidades disponíveis....Greta (cor,sabor,espuma..perfeita), Barbas (surpreendeu, muito boa coloração e sabro), Ale (para um dia de calor, ficou de parabéns), Weiss (super refrescante, espuma persistente e duradoura... ótima)...

Mas pela quantidade x calor do local......não renderam a noite toda....uma pena.....e então tivemos que subir as escadas e ir para o bar....completar a noite. (com alguns chopp Weiss Bamberg)

Não consegui registrar muitas fotos, porque a bateria do celular acabou.....mas esta mostra bem a variedade do bar...

Olha a chopeira dos Lamas com rótulo da Greta produzida pelos McDuff + Lamas (os caras tão chique viu?!)
Uma foto geral do pessoal, bem a vontade, com bastante espaço...e um calorzinho propicio para entornar as brejas....

Olha a produção dos novos amigos "Barba Bier"...rotulo com detalhes da produção, e foto cortou, mas no canto direito tem até um código de barras....não são fraco não....e a cerveja ..muito boa.


OBS: Dormi em um hotel simples mas honesto há umas 2 quadras do bar, o que foi excelente..pois já não estava em bom estado. Acordei cedo, um pouco "zoado" e um pouquinho de dificuldade para processar as cadeias maiores de alcool....(ou será que foi uma cerveja com sabor alterado que o Alex pediu para provarmos ?? Brincadeira Alex...)....Peguei o carro sai em baixo de um temporal...(como choveu)....mas cheguei são e salvo....para abrir uma gelada em casa...para curar a ressaca. (ou melhor.... a boa lembrança da noite anterior...HAHAHA)

Abraços e até o próximo encontro.
Conscerva na área.
Edwar

11 novembro 2009

Missa em Santos - 10/nov/2009


Seguindo a tradição ACervA, a tradicional Missa de Terça-Feira foi "religiosamente" realizada agora também na Baixada Santista.

Local: Bar do 4, na avenida Siqueira Campos, canal 4, na altura do Hospital Guilherme Alvaro. Engraçado abrirem um Bar em frente a um hospital, mas até que é bom né ? (se cair bebado tem atendimento rápido)

Vale ressaltar que é uma avenida com um canal no meio, ou seja, a portal do Hospital fica de um lado da avenida e o bar do outro lado...criando uma boa distância do barulho do bar.

Enfim, Missa realizada.

Varias cervejas de trigo, Licher e Weinhenstephaner, para comemorar o "Dia do Trigo" celebrado justamente nesta data 10/nov.

E para completar a brincadeira, ou melhor o "terço", rezamos algumas Hoegaarden, Devassa (que sacrilégio), Guinness, BitBurger.

Acompanhadas de excelentes porções (que recomendamos): kibe, iscas de file-mignon com catupiry, tiras de polenta fritas.

Passando a regua....passou da casa da centena de reais.

Várias bolachas ACervA distribuidas e em uso contínuo no bar.

Os garçons do local fizeram curso recentemente com o Afonso para entenderem um pouco sobre o processo de fazer cerveja, e poderem ofertar com mais propriedade aos clientes as cervejas que a casa disponibiliza.

Agora estão querendo que a gente (ACervA) faça uma "brassagem coletiva" lá.

Quem sabe em Janeiro...com presença da ACervA toda ??

Seguem fotos da Missa:

Um brinde e viva o Trigo.
Abraços
CONSCERVA

18 outubro 2009

Oktoberefst 2009 (direto da Alemanha)

(por Marcelo Amodio, correspondente Conscerva direto da Alemanha)

Olá, desculpem-me a demora mas acabei de comecar um mestrado e a coisa embolou no meio de campo.

Bom, como já é de conhecimento de todos este foi um mês especial aqui em Munique, mês do Oktoberfet, o evento mais aguardado do ano. Guardada as devidas proporcoes e propósito das festas, pra mim é como o carnaval em Salvador: todos esperam por ele o ano todo, a cidade muda e vive quase só em funcao da festa e turistas do mundo inteiro vem participar. Por onde se anda vêm-se pessoas vestidas com os trajes típicos bavareses, os homens com a bermuda de couro e as mulheres com os Dirndl, o vestido característico.

É interessante a comparacao com o carnaval de Salvador. Muitas empresas reservam mesas para seus funcionários, clientes e fornecedores, assim como os camarotes na capital baiana. No escritório onde eu trabalho por exemplo, muitos colegas receberam convites de clientes. A diferenca é que o carnaval é na cidade toda e aqui em um parque específico.

Detalhe: apesar de se chamar Oktoberfest a maior parte do evento se realiza em setembro para aproveitar o bom tempo. Outra curiosidade, só as cervejarias de Munique podem vender cerveja no evento, no caso a Augustiner, Paulaner, Löwenbräu, Spaten, Hobräuhaus e Hacker-Pschoor. Também nao sao servidas Wessbier e cervejar escuras, só as cervejas produzidas especialmete para o evento, chamadas de Oktoberfestbier, que tem um teor alcoólico mais elevado que as normais e eu acho também mais encorpada.

Minha primeira experiência na Oktoberfest foi já no meu primeiro ano aqui, em 2005 e desde entao faco questao de ir em todos, nem que seja uma vez só, como foi esse ano. Seguem algumas fotos das festas anteriores e a deste ano também. Abracos.



2009, último dia da festa no pavilhao da Paulaner, só alegria mas já com clima de despedida. Beleza, ano que vem tem mais.


2009, no pavilhao da Paulaner, com nossos amigos argentinos Silvana e Emílio. Paulaner Oktoberfestbier fresquinha do barril é tudo de bom.


2008, com o Peter e a Franziska, colegas de trabalho no pavilhao da Hacker-Pschorr. Só alegria e boa cerveja.


No último dia de festa em 2008, do lado de fora porque todos os pavilhoes estavam lotados. Aqui eu estou junto da duas alemas que eu mais amo na vida.


2007, já com a Stephy, entao minha namorada e o Tiago. Esse foi o meu primeiro Oktoberfest com roupa típica. A cara também é típica de quem já nao está na primeira caneca. Augustiner Oktoberfestbier sempre.


2006, com o Klaus, meu sogro, no pavilhao da Augustiner. Chegamos às duas da tarde, fomos embora às.......


Oktoberfest 2006, com a pessoa mais importante do pavilhao, a tiazinha da cerveja. Sem ela nao tem festa. Sempre Augustiner.


No último dia do Oktoberfest de 2005 com o meu grande amigo Tiago. Tempo ruim nao é descupa para nao tomar uma boa cerveja.


Meu primeiro Oktoberfest, em 2005. Com medo de faltar cerveja já pedia duas de uma vez. Quem nunca comeu melado quando come se lambusa. Essas eram da Augustiner.

12 outubro 2009

Festa do IV Concurso Nacional - RJ

Uma festa maravilhosa...
Diversos sabores da nossa bebida predileta...
Muito...muito...chopp .."a vontade"....o dia inteiro !!
Pessoal animado, samba batendo, premiação emocionante... (teve cerveja paulista premiada !!)
PARABÉNS aos organizadores e anfitriões cariocas.
Uma festa fenomenal e inesquecível.
Ver todos os jurados juntos, pessoas muito respeitadas no cenário cervejeiro.... provando, comentando, avaliando..., todos juntos ali....na minha frente..não tem preço.
Seguem fotos:
Troféu do Eduardo Manetta (paulista premiado)...

FEMALE Caroca... Essa é a Eduarda que levou uma cerveja com Pimenta !! (excelente)



Olha o pessoal de São Paulo...



Eu e minha caneca 250ml do evento...(nuca vazia..rss...)



Os troféus...





Alguns prêmios que foram distribuidos...



Kegs de Cervejas Artesanais....



A avaliação dos finalistas... (no Centro Cultural Carioca - no Centro Velho)..



Na porta da quadra da Estácio de Sá (com convite nas mãos..):
Dentro da quadra, olhando para o palco...(do meu lado direito estava o paredão de chopeiras, antes do palco, os freezers com artesanais, a esquerda venda de copos e camiseta..)


Paredão de choperias... (Duckim, Colorado, Krug, Backer, Falke, Gattopardo, Mistura Clássica e várias outras..)


Eu e o Ronaldo Morado (escritor do Larousse da Cerveja)


UM BRINDE E QUE VENHA O "V" CONCURSO NACIONAL EM 2010 !!
ESTAREMOS LÁ NOVAMENTE !!

09 outubro 2009

A importância da aeração no mosto antes da fermentação

Aeração inadequada pode ser a causa mais comum de fermentações com falhas. A levedura requer oxigênio para sintetizar os esteróis das membranas. Quando o oxigênio está disponível, esteróis serão sintetizados até atingir o máximo nível nas membranas da célula, mais ou menos 1% do peso seco. Toda vez que uma célula mãe se divide, o conteúdo de esteróis da membrana é reduzido. As células pararão de se dividir quando o conteúdo de esteróis for reduzido para 0.1%. Se os níveis de aeração forem insuficientes, menos crescimento ocorrerá resultando em uma fermentação reduzida. Otimamente, 10-15 ppm de oxigênio dissolvido (DO) é recomendado para garantir adequada síntese de esteróis.

Método....................................... DO MAX PPM....... Tempo
Siphon Spray............................. 4 ppm ..................... 0 sec.
Splashing & Shaking ................ 8 ppm .................... 40 sec.
Aquarium Pump w/ Stone*.... 8 ppm ...................... 5 min.
Pure Oxigen w/ Stone**......... 26 ppm ................... 60 sec. (12 ppm)

*2m poros
**2m poros, 3.5 LPN fluxo de oxigênio, 20°C

04 outubro 2009

Oktoberfest Club Transatlantico - FENOMENAL


Salão cheio com muitas famílias e crianças


Joelho Suíno Defumado


Salsichas Grelhadas



Chopp e Canecas no Início

Srs, simplesmente sem palavras o evento Oktoberfest do Club Transatlantico....
Muito maravilhoso.
O local: lindo.
A organização: nota 1.000
A comida.....vixi....sem palavras....não conseguia parar....
E o chopp.....bom perdi a conta...maravilhoso....


Valeeeeuuuuu.......
E a a seguir a campeã, ou melhor "bi-campeã" em chopp por metro:


Olha a galera da ACervA.......(sem noção...)

Ver o Alex vestido de Alemão, não tem preço!!!


video

Campeonato de Chopp


video

Banda Chucrut´s